Últimas Notícias
Projeto EduLivre busca emancipar jovens pernambucanos
Qui, 12 de Agosto de 2021 13:28

 

O curso está sendo promovido pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação


Valorizar a juventude pernambucana é também reconhecer seu potencial de impactar positivamente a dinâmica do Estado. Sabendo da importância que as políticas públicas possuem dentro dessa perspectiva, a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco firmou uma parceria com o projeto EduLivre, trazendo uma série de trilhas de conhecimento virtuais e gratuitas para o público jovem. O curso da vez é o "Como ser empreendedor". As inscrições vão até o dia 22 e os participantes podem estudar conceitos básicos sobre o empreendedorismo e habilidades essenciais dentro do ramo. O prazo limite para concluir a trilha é dia 23.


“Através do trabalho e da educação, o jovem desperta para o mundo, encontra seu lugar e enxerga a possibilidade da emancipação financeira”, disse o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes.


O Técnico Administrativo de Apoio às Agências, da SETEQ, Carlos Henrique, conta que o EduLivre é um projeto de atuação nacional, sem fins lucrativos, que oferece educação gratuita, divertida e aplicada ao mundo real. "A sua principal ferramenta é uma plataforma online que oferece conteúdo em diversas áreas. O EduLivre partiu de uma iniciativa do SESI junto com a UNESCO, e sua visão é ter uma ampla rede de parceiros que procuram ampliar as oportunidades para a população do País", afirma ele. Segundo o Técnico, a SETEQ se uniu a esse propósito, divulgando as trilhas para oferecer novos caminhos aos pernambucanos.


Para Carlos, os ensinamentos das trilhas fazem a diferença na hora de entrar no mercado de trabalho. "Elas abrem novos horizontes e deixam as pessoas mais preparadas para o cotidiano. Um bom exemplo é o curso "A Comunicação e o Marketing Pessoal", ocorrido no mês de julho, que apresenta a importância da comunicação eficaz, dicas técnicas e o poder do marketing pessoal nos relacionamentos. A trilha atual também destaca o aluno. Quem tem a visão de empreender vai ter uma noção dos primeiros passos e estará preparado para esse desafio", relatou ele. Os cursos citados são especiais para a SETEQ.

 

Cada trilha de conhecimento possui 200 vagas para estudantes. As inscrições, que devem ser realizadas até o dia 22 deste mês, podem ser feitas através do site da EduLivre, na aba trilhas https://sistemas.seteq.pe.gov.br/sima/inscricao_login/ .Para realizá-la, é preciso possuir um cadastro na plataforma. As aulas da trilha atual vão até o dia 23 de agosto, e conta com as lições "Como ser empreendedor" e "Tudo sobre MEI".

 
Potencializa Mulher começa nesta segunda-feira (26)
Seg, 26 de Julho de 2021 14:31

 

 

Por Laura Martiniano/especial para a SETEQ

Nesta segunda-feira (26), o ‘Potencializa Mulher’dá início a três cursos de capacitação, com foco em promover autoconhecimento e fortalecer as mulheres que desejam procurar vagas de operadora de caixa, atendentes de clínicas e hospitais. O primeiro dia da maratona de aulas será na noite de hoje e tem como tema o autoconhecimento. Do dia 27 ao 29 de julho, ocorrerá o curso de operadora de caixa, e logo após, de 03 a 05 de agosto, os estudos com ênfase em atendimento em clínicas e hospitais, respectivamente. Todas as reuniões têm início às 19 horas. Esse projeto faz parte do ‘Ela Pode’, que tem apoio das Secretarias da Mulher e do Trabalho, Emprego e Qualificação.

As aulas de operadora de caixa ensinarão as alunas inscritas sobre responsabilidades e habilidades, mercado de trabalho, atendimento ao cliente, conhecimentos e atitudes, operações de caixa, títulos de crédito, fiscalização, pagamentos, itens de segurança das cédulas do real.

Enquanto isso, as reuniões que focarão no atendimento em clínicas e hospitais ministrarão conhecimentos sobre atendimento ao cliente, atendimento de emergência, comunicação, regras e reflexões e o elo entre os estabelecimentos e os clientes. Ambas também terão ênfase em liderança, negociação, comunicação assertiva, finanças, marketing pessoal, networking e ferramentas digitais. O objetivo é incentivar a prática empreendedora entre as mulheres e encaixá-las de forma eficiente no âmbito profissional, auxiliando em sua emancipação financeira.

 

Segundo a Coordenadora de Trabalho e Renda da Secretaria da Mulher, Lúcia Costa, os cursos correspondem a áreas que possuem vagas no mercado. A Coordenadora também destaca a emissão de certificado como um dos pontos de destaque do ‘Potencializa Mulher’. As certificações podem ser obtidas após o fim das aulas. Confira os links de inscrição:

 

Abertura com autoconhecimento:

https://elapode2021.online/autoconhecimento

 

Operadora de caixa:

https://elapode2021.online/mulher

 

Atendimento de clínicas e hospitais:

https://elapode2021.online/potencia

 

 
“Eu antes não sabia nem fazer um ovo”
Qua, 07 de Julho de 2021 15:03

 



Por Aline Moura/SETEQ

Formado em História, Aíldenes Valdevino é um dos alunos que concluiu o curso de culinária básica no município de Panelas. Aos 41 anos, ele se interessou em aprender a cozinhar para dividir de forma mais solidária as tarefas de casa com a esposa. Mas a vida, para ele, é uma caixa de surpresas. Ele não descarta, no futuro, se aperfeiçoar e abrir o próprio negócio para ganhar uma renda extra com alimentação.

 

Atualmente, ele trabalha no Sindicato Rural da cidade. “Eu não sabia nem fazer um ovo, era difícil para mim. Eu aprendi a fazer caldo verde, torta de abacaxi, entre outras coisas e sei que qualquer um desses produtos pode gerar uma renda extra para a família”, declarou.

 

Aíldenes foi o único homem a realizar o curso de culinária básica oferecido pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação. Ele contou ter se sentido um peixe fora d 'água, num ambiente onde predominava mulheres, porém depois se adaptou e construiu boas relações profissionais.

 

“A qualificação hoje é muito importante devido à pandemia que estamos vivendo. Hoje, a tendência da venda de comida por Delivery é aumentar. O certificado do Estado foi um grande prêmio. Representa que você pode trabalhar em qualquer lugar do Brasil, não é todo mundo que pode fazer um curso como esse. A qualificação, além de ser uma porta de entrada, é seu cartão de visita”, declarou.

Foto: Samuel Calado/Vídeomaker

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 3 de 66