Últimas Notícias
Jucepe recebe secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação
Qui, 10 de Janeiro de 2019 13:28

Foto: Rachel Motta

 

Na tarde da última quarta-feira (9), a equipe da Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação, liderada pelo secretário Alberes Lopes, participou de reunião com o vice-presidente da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe), Flávio Sotero. O encontro teve o objetivo de reafirmar a parceria de relacionamento entre as instituições.


Na ocasião, também foi possível apresentar os avanços conquistados no último biênio e discutir o que se pretende fazer para continuar avançando na melhoria da prestação do serviço público.

 

Foto: Rachel Motta



Depois da reunião, a comitiva conheceu as instalações da Jucepe. Ao lado do diretor administrativo e financeiro, João Lira, Sotero simulou o caminho percorrido pelo processo dentro da autarquia. Indo em cada setor, o secretário pode conhecer os funcionários e entender o dia a dia da Junta Comercial.


“Viemos conhecer a estrutura da Jucepe, cumprimentar os servidores da casa e elaborar novas ações para o governo Paulo Câmara em prol do empresariado e da população para gerar mais emprego e renda aos pernambucanos”, destacou o secretário Alberes Lopes.


Para Flávio Sotero, o encontro foi de grande importância não apenas por estreitar as relações. "Fazemos parte do mesmo sistema e temos a necessidade de caminhar juntos", concluiu.

 

Foto: Rômulo França

 

 
Sempetq fortalece micro e pequenas empresas e qualificação profissional com foco no empreendedorismo e no mercado de trabalho
Sex, 28 de Dezembro de 2018 14:54

O programa Novos Talentos, criado em 2011, já capacitou mais de 30 mil trabalhadores e empreendedores pernambucanos. Tendo por base a gratuidade do Senai, promove cursos gratuitos de qualificação profissional em diversas áreas


Empreendedores receberam capacitações e acesso ao crédito com liberação de R$ 97 milhões desde 2015 em operações via Agefepe


A Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação (Sempetq), com suas vinculadas Junta Comercial (Jucepe) e Agência de Fomento de Pernambuco (Agefepe), tem atuado com o compromisso de fortalecer as micro e pequenas empresas bem como qualificar a mão de obra com foco na manutenção dos empregos, prevenção ao desemprego e criação de novas oportunidades seja no mercado de trabalho formal ou no empreendedorismo. Tradicionalmente, as empresas de menor porte são mais resistentes à crise (pelo tamanho e área de atuação).

Só este ano, de janeiro a outubro, foram + 16.192 novos postos de trabalho nas MPEs de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged/MTb) em outubro de 2018. O número é representativo, pois o saldo total no Estado foi de + 14.297, considerando a perda líquida de - 1.850 postos nas empresas de médio e grande porte.

Atualmente, Pernambuco tem 508.767 empresas ativas, das quais 85% são MPEs (incluindo MEI), com uma participação de 26% do PIB do Estado. Os Microempreendedores individuais somam 241.147.

Assim, mediante um criterioso diagnóstico, a Sempetq oferece projetos e programas de qualificação como Novos Talentos, Fortalece Talentos, Projeto IDEIA, Pernambuco Doce, Fortalece Igualdade, Valorizando a Pele, Mãe Coruja, Chapéu de Palha, com ações em todo o Estado com foco na interiorização para gerar oportunidades e desenvolvimento local com ações nas 12 Regiões de Desenvolvimento (RDs). Todos os cursos são desenhados de forma a suprir a capacidade de absorção de mão de obra assim como a possibilitar a geração de renda.

A Sempetq está apta a oferecer desde os cursos tradicionais até os mais complexos, a ideia é tornar os profissionais cada vez mais competitivos e trabalhar a empregabilidade. Além disso, a Secretaria tem a preocupação de inserir os pernambucanos nas potenciais vagas de emprego abertas pela instalação de empresas e/ou expansão de empreendimentos estruturadores.

Por falar em empregabilidade, a Agência do Trabalho SINE -PE atua em parceria com o Ministério do Trabalho para oferecer à população serviços, através do Sistema Nacional de Emprego – SINE, para inserção ou reinserção no mercado de trabalho para encaminhamento do trabalhador, habilitação do Seguro Desemprego, e atendimento para emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS informatizada, além da orientação profissional.

Desde 2015, foram 2,76 milhões de atendimentos nas 29 unidades da rede de atendimento da Agência do Trabalho em todo o Estado, sendo mais de 600 mil atendimentos em 2018. Com relação à emissão de CTPS, foram 324 mil Carteiras emitidas, das quais 72 mil CTPS apenas neste ano. Já os trabalhadores habilitados a receber o seguro-desemprego foram 700 mil entre os anos de 2015 a 2018.

A rede da Agência do Trabalho / SINE-PE disponibiliza, também, gratuitamente, aos empregadores, o serviço de banco de talentos e estrutura, em suas unidades, para realização de processos seletivos, para as vagas ofertadas aos trabalhadores e este ano oportunizou cursos a distância para o trabalhador desempregado.

Na área de formação e qualificação profissional, a Sempetq vem buscando fortalecer setores econômicos com real demanda no Estado, bem como aperfeiçoar uma mão de obra diferenciada através de seus programas realizados em todas as RDs. De 2015 a 2018, foram 23.232 vagas nos projetos Novos Talentos, Fortalece Talentos, Chapéu de Palha e Mãe Coruja.

Sempre com a preocupação de trabalhar em parceria com instituições de referência no mercado, como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Serviço Brasileiro da Micro e Pequena Empresa (Sebrae), e outros os quais apoiam e disponibilizam cursos que valorizam a mão de obra pernambucana e o fortalecimento dos empreendedores e das micro e pequenas empresas, um destes exemplos é o Programa Novos Talentos. Com a atenção na empregabilidade, são identificadas demandas de formação profissional, com parcerias já realizadas com o Estaleiro Atlântico Sul (EAS), Grupo Baterias Moura, Vivix, Bandeirantes (setor de vidros), e atualmente com a nova fábrica da Tramontina, em Moreno.

Outro programa importante é o Fortalece Talentos, criado em 2017, que tem por finalidade atender, não só a captação de demandas das empresas como polos em desenvolvimento e expansão por mão de obra qualificada, de modo a preparar a cadeia em desenvolvimento, para os processos preparação empreeendedora, fortalecendo os novos e os empreendimentos já instalados.

 

Capacitação do Projeto Fortalece Talentos em São Bento do Una capacitou trabalhadores da região para atender às especificidades do mercado local

 

Destacam-se ainda outros dois projetos, em conjunto com diversas Secretarias, o Programa Mãe Coruja Pernambucana com o objetivo de prestar atenção integral às gestantes usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS) e aos seus bebês, e o Programa Chapéu de Palha, concebido para garantir a proteção social dos trabalhadores/beneficiários da poda da fruta na região do Vale do São Francisco, no Sertão; da cana-de-açúcar, nas regiões da Zona da Mata Norte e Sul e dos pescadores de 12 RDs.

 

O Projeto Mãe Coruja promoveu cidadania e inclusão no mercado de trabalho para mães pernambucanas. Oferece apoio às mães pernambucanas, antes e depois do nascimento de seus filhos, tendo como objetivo prestar atenção integral às gestantes usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS) e aos seus bebês, garantindo a elesum desenvolvimento saudável e harmonioso durante os primeiros anos de vida.


Para 2019, já estão programadas algumas ações de qualificação profissional, com o Projeto Fortalece Igualdade, que promoverá a visibilidade da população negra LGBT com enfoque no acesso ao mercado de trabalho e empreendedorismo, no combate à violência, racismo e lgbtfobia, por meio de cursos e oficinas nas áreas de beleza, confecção, turismo e administração. E mais, o Projeto Amamenta e Alimenta, uma capacitação com 500 profissionais para utilização dos referenciais da educação crítico-reflexivo e educação permanente em saúde no ensino e aprendizagem do aleitamento materno e da alimentação complementar saudável. O Projeto Mãos que Criam – Rendeiras (Resgatando a Importância da Tradição e o Fomento da Renascença), que valoriza a cultura através do artesanato pernambucano, além da forte ligação com o setor turístico, é um importante segmento da atividade econômica do Estado e um dos mais expressivos celeiros de produção artesanal do País.

Para o empreendedor, a Sempetq oferece serviços de orientação empresarial. Essa é a missão das seis unidades de atendimento do Expresso Empreendedor localizadas no Recife, Caruaru, Petrolina, Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho, além da Agência de Empreendedorismo (Recife). Até novembro deste ano, foram 303.594 serviços prestados gratuitamente.

Além da orientação empresarial e contábil, é realizada a formalização de MEI, a emissão de documentos, incluindo o DAS mensal, a declaração anual de faturamento e a alteração de dados cadastrais. Para quem quer adquirir novos conhecimentos, são ministradas palestras sobre Lei Geral do MEI, Educação Financeira, entre outros assuntos de interesse do público-alvo, composto essencialmente por micros e pequenos empreendedores.

 

A Sempetq, através das unidades do Expresso Empreendedor espalhadas pelo Estado e da Agência de Empreendedorismo ofereceu capacitação e orientação e micro e pequenos empreendedores, fomentando sua formalização e inserção em um mercado repleto de oportunidades.

 

Muitos dos empreendedores que passaram por capacitações nas unidades do Expresso Empreendedor ou Agência de Empreendedorismo foram buscar crédito na Agefepe. Entre janeiro de 2015 e novembro de 2018, foram liberados R$ 97.380.652,00 representando 3.271 contratos de financiamento. Ao considerarmos a quantidade de empreendedores beneficiados, esse número supera os oito mil tendo em vista os financiamentos destinados às pequenas associações e cooperativas, cujos recursos são utilizados pelos seus integrantes.

O predomínio das operações de crédito foi voltado aos Pequenos Empreendedores Pessoas Físicas, ao MEI, à Microempresa (ME) e às Empresas de Pequeno Porte (EPP) com destaque para os segmentos de artesanato, financiando, inclusive, a aquisição de estandes e capital de giro para os participantes da Fenearte; confecções, atendendo a demanda do Polo de Caruaru e região; além do segmento de comércio e serviços de alimentação, principalmente lanchonetes e pequenas mercearias.

A Sempetq, por meio do Fórum das Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco (Fempe), também vem atuando em um termo de cooperação com o Sebrae para a elaboração da minuta da Lei Estadual das Micro e Pequenas Empresas. E mais, outra ação em parceria com o Sebrae e municípios pernambucanos é a Rede Estadual de Atendimento ao Empreendedor para composição de um novo modelo de gestão estratégica de espaços voltados aos empreendedores em todo o Estado com foco na integração da rede e melhoria na padronização e qualidade de atendimento.

 

O Fórum das Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco (Fempe), da Sempetq, promoveu a discussão de políticas públicas e o debate de questões vitais para a aceleração do empreendedorismo no Estado de Pernambuco. Uma das mais recentes conquistas foi a formalização da redução a zero das taxas referentes ao MEI, com exceção do DASN.


Já a Jucepe tem implementado ações com foco na melhoria contínua do atendimento. Destacam-se: os avanços na Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – REDESIM, relevante para a desburocratização no processo de abertura de empresas e atualmente presente em 60 municípios, incluindo o Recife, que representam 87,5% do PIB; o Atendimento Agendado, serviço que oferece maior comodidade aos usuários; e o Programa de Capacitação para os Contadores e Advogados, que visa reduzir  erros na elaboração dos documentos e diminuição da devolução dos processos.

Além do Recife, a Jucepe possui bases nas principais cidades dos polos de desenvolvimento do Estado: Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Palmares, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Garanhuns, Arcoverde, Petrolândia, Serra Talhada, Salgueiro, Araripina e Petrolina. De janeiro de 2015 a dezembro de 2018 foram realizados 1.133.006 atendimentos.

Economia solidária - O Projeto Integra “Promoção de Ações Integradas de Economia Solidária em Pernambuco” é um projeto coordenado pela Sempetq através de um convênio com a SENAES/MTE, que objetiva fomentar o fortalecimento dos empreendimentos econômicos solidários no bairro de Santo Amaro e em oito municípios da microrregião da Mata Sul. O projeto atendeu 280 beneficiários de 30 empreendimentos de artesanato e agricultura familiar através de capacitações, realização de 18 feiras, elaboração de planos de negócios buscando promover a geração de oportunidades de trabalho e renda, o aproveitamento das vocações locais e a formação de uma mentalidade “empreendedora”.

 

Atuando em prol da economia solidária, a Sempetq teve como objetivo Fomentar o fortalecimento dos empreendimentos econômicos solidários em dois territórios do Estado de Pernambuco, de forma articulada e integrada, como estratégia de promoção do desenvolvimento local e territorial sustentável.

 

Já o projeto Desenvolvimento dos Catadores e Catadoras de Pernambuco – Rescate para os 33 municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR) e Região da Mata Norte, também um convênio com a SENAES/MTE e coordenação da Sempetq, propõe a melhoria e a inclusão na cadeia produtiva dos resíduos sólidos recicláveis através da promoção de inclusão cidadã para 1.796 catadores através do encaminhamento às políticas sociais, formação de catadores de materiais recicláveis de cooperativas, rua e lixão, apoio a 20 Unidades de coleta, triagem e pré-processamento de materiais recicláveis com entrega de equipamentos. Até o momento o projeto já capacitou 400 catadores com entrega de kits de Equipamento de Proteção Individual (EPI).

 

Projeto de iniciativa da Sempetq, o Projeto Rescate atua com empreendimentos econômicos solidários e redes de cooperação de catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis na Região Metropolitana do Recife e na Zona da Mata Norte.


O Rescate fortalece a organização produtiva dos catadores e a importância do trabalho que eles realizam para o meio ambiente e a sociedade, além de gerar renda e superação de situações de pobreza extrema em várias cidades.
 
Expresso Empreendedor realiza últimas palestras do ano no Recife, Caruaru e Ipojuca
Qui, 20 de Dezembro de 2018 10:12

Os empreendedores que querem aproveitar os últimos momentos de 2018 para adquirir novos conhecimentos devem procurar as unidades do Expresso Empreendedor mantidas pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação (Sempetq) do Governo de Pernambuco. Nos dias 26 e 27 de dezembro, haverá palestras gratuitas em Caruaru, no Recife e Ipojuca.

 

A palestra da Lei Geral do MEI ocorrerá no Expresso Empreendedor de Caruaru e no Recife na quarta-feira (26). No mesmo dia, Ipojuca discute Educação Financeira, das 9h às 11h. No dia seguinte, haverá orientação contábil e financeira em Caruaru, das 8h às 17h.

 

As inscrições podem ser realizadas antecipadamente por telefone e as vagas são limitadas.


Pontos de atendimento:

Recife - Expresso Empreendedor - Prédio da Junta Comercial do Estado de Pernambuco (Jucepe), Rua Imperial, 1600, São José, Recife. Telefone: 3182-2801.
26/12 - 9h às 11h - Palestra Lei Geral do MEI


Caruaru - Expresso Empreendedor - Prédio da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (ACIC), Rua Armando da Fonte, 15, térreo, Maurício de Nassau. Telefone: 3725-7600
26/12 - 14h às 16h - Palestra Lei Geral do MEI
27/12 - 8h às 17h - Orientação Contábil e Financeira


Ipojuca - Expresso Empreendedor - Prédio da AGÊNCIAMAIS, Rua Mário da Costa Monteiro, 98, Centro de Ipojuca. Telefone: 3561-1946. Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 7h às 13h
26/12 - 9h às 11h - Palestra Educação Financeira

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 6 de 123