Projeto Rescate dá início à entrega de equipamentos a cooperativas de reciclagem na RMR e Mata Norte
Qui, 25 de Março de 2021 13:03

A iniciativa faz parte de um convênio entre a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco e o Ministério da Cidadania/Coordenação Economia Solidária

 

Até dezembro de 2021, o projeto Rescate, da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, vai atender a 1.796 catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis de 23 cooperativas/associações da Região Metropolitana do Recife e da Zona da Mata Norte, com a entrega de equipamentos específicos para beneficiar a instrumentalização e melhoria contínua das atividades nas unidades. Na última terça-feira, o projeto entregou os materiais em duas unidades, localizadas nos bairros de Jardim Atlântico e Jardim Brasil. Os equipamentos foram adquiridos com recursos do convênio com o Ministério da Cidadania/Coordenação Economia Solidária, Associativismo e Cooperativismo.

A intenção do projeto é fortalecer cooperativas/associações de coleta, triagem e pré-processamento de materiais recicláveis, voltadas aos catadores de materiais recicláveis da Região Metropolitana do Recife e Região da Mata Norte. As ações tiveram início antes da pandemia e contaram com aulas de formação em economia solidária, autogestão, associativismo, cooperativismo na cadeia produtiva de reciclagem e distribuição de equipamentos de proteção individual (EPIs). Esse convênio visa fortalecer esse segmento para que esses profissionais tenham melhores condições de trabalho. A melhoria no trabalho, não somente nas atividades econômicas, mas na forma de trabalho e segurança.

A Secretária Executiva de Micro e Pequena Empresa e de Fomento ao Empreendedorismo,  Adriana Queiroz, ressalta que o convênio tem o objetivo de levar mais dignidade e melhores condições de trabalho aos profissionais que atuam na coleta de materiais recicláveis. “Acreditamos que a partir do momento em que eles trabalham com mais organização, qualificação e equipamentos, há um fortalecimento tanto das cooperativas, quanto da classe como um todo. Isso permite a geração de renda para as famílias e reforça a importância das atividades que estes trabalhadores executam para a sociedade, no contexto ambiental, econômico, sanitário e social”.

 

Os contemplados com o recebimento dos equipamentos, serão aqueles que têm cooperativas/associações, são eles: Timbaúba, Recife, Olinda, Abreu e Lima, Paulista, Itapissuma, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho.